| COMUNIDADE > UM DIA COM OS MEDIA
Um dia com os Media

Medialab promove “Um diálogo entre gerações”


Jovens e seniores discutem importância dos Media
 

No passado dia 3 de Maio, designado pela UNESCO como o  Dia Mundial da Liberdade de Imprensa,  o Media Lab Diário de Notícias associou-se ao projeto “Um dia com os Media”, uma iniciativa de âmbito nacional promovida por várias entidades, entre as quais se contam a CN Unesco, a Entidade Reguladora para a Comunicação Social e o Conselho Nacional de Educação.

A par desta data tão importante e uma vez que se celebra o Ano Europeu do Envelhecimento Activo e da Solidariedade entre Gerações, o Media Lab e o Centro de Investigação Media e Jornalismo, da Universidade Nova de Lisboa promoveram o evento “Os Media na minha vida. Um diálogo entre gerações”, juntando jovens e seniores numa animada conversa e troca de experiências em torno do papel que os Media tem ocupado nas suas vidas.
 
A sessão contou com a presença da Drª Manuela Galhardo, da Comissão Nacional da Unesco, da Coordenadora Nacional do Ano Europeu de Envelhecimento Activo, Joaquina Madeira, do Director de Marketing da Controlinveste, Alexandre Fonseca e do Sub-Director do Diário de Notícias, Nuno Saraiva.
 
A conversa intergeracional gerou uma partilha de experiências entre quem assistiu ao nascimento da televisão e aqueles que nasceram num universo de novas tecnologias. “Adoro a internet, apesar de não perceber nada. Lembro-me de um episódio que me ‘tocou’ especialmente quando fiz 80 anos. O meu neto estava na Califórnia a 10 mil quilómetros de distância e falamos um com o outro através da internet”, partilhou uma das participantes.

Os mais velhos falaram não só sobre a escassez de informação em que cresceram, marcada pela censura; contaram também como encontravam formas de comunicar à distância uns com outros (pela linguagem Morse ou pelo telefone de cordel construído à mão) revelando o desejo de comunicar com amigos como marca perene da adolescência; falaram ainda dos tempos da telefonia e da chegada da televisão e de meios que praticamente desapareceram (como os telegramas e as cartas de amor).

Os mais jovens referiram como cresceram rodeados de tecnologia audiovisual e revelaram que nem todos fazem uso das tecnologias digitais com a mesma intensidade e interesse.

Alguns dos mais velhos surpreenderam os mais novos pelas suas competências digitais e espírito de iniciativa, agindo como facilitadores no uso do correio eletrónico ou do Skype. Mais novos e mais velhos referiram memórias remotas com os media (como a televisão acabada de chegar a casa, nos mais velhos), marcadas pela ingenuidade para os dois grupos, e destacaram o telemóvel como o meio de comunicação (e de informação) que teriam mais dificuldade em prescindir. No final, cada grupo retratou o outro. Aqui ficam o poema de Augusto Gil, “O Edital”, recitado de memória por Susete Bugalho, 82 anos, e disponível no blogue ( http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=145048), de outro dos participantes séniors, José Mota (72 anos), e o texto dos jovens sobre os mais velhos, “eles são aqueles que…”

04/05/2012 | Medialab - Diário de Noticias

Comunidade
Comunidade - Parcerias
Gabinete Parlamento Europeu
Portal da Literacia Mediática
Gabinete para os Meios de Com. Social
Plano Nacional de Leitura
Um dia com os Media
Vimeca
Pordata
Facebook Facebook Twitter Instagram Enviar Email