| CENTRO EDUCATIVO > UM DIA COM OS MEDIA
Um dia com os Media

Medialab promove “Um diálogo entre gerações”


Jovens e seniores discutem importância dos Media
 

No passado dia 3 de Maio, designado pela UNESCO como o  Dia Mundial da Liberdade de Imprensa,  o Media Lab Diário de Notícias associou-se ao projeto “Um dia com os Media”, uma iniciativa de âmbito nacional promovida por várias entidades, entre as quais se contam a CN Unesco, a Entidade Reguladora para a Comunicação Social e o Conselho Nacional de Educação.

A par desta data tão importante e uma vez que se celebra o Ano Europeu do Envelhecimento Activo e da Solidariedade entre Gerações, o Media Lab e o Centro de Investigação Media e Jornalismo, da Universidade Nova de Lisboa promoveram o evento “Os Media na minha vida. Um diálogo entre gerações”, juntando jovens e seniores numa animada conversa e troca de experiências em torno do papel que os Media tem ocupado nas suas vidas.
 
A sessão contou com a presença da Drª Manuela Galhardo, da Comissão Nacional da Unesco, da Coordenadora Nacional do Ano Europeu de Envelhecimento Activo, Joaquina Madeira, do Director de Marketing da Controlinveste, Alexandre Fonseca e do Sub-Director do Diário de Notícias, Nuno Saraiva.
 
A conversa intergeracional gerou uma partilha de experiências entre quem assistiu ao nascimento da televisão e aqueles que nasceram num universo de novas tecnologias. “Adoro a internet, apesar de não perceber nada. Lembro-me de um episódio que me ‘tocou’ especialmente quando fiz 80 anos. O meu neto estava na Califórnia a 10 mil quilómetros de distância e falamos um com o outro através da internet”, partilhou uma das participantes.

Os mais velhos falaram não só sobre a escassez de informação em que cresceram, marcada pela censura; contaram também como encontravam formas de comunicar à distância uns com outros (pela linguagem Morse ou pelo telefone de cordel construído à mão) revelando o desejo de comunicar com amigos como marca perene da adolescência; falaram ainda dos tempos da telefonia e da chegada da televisão e de meios que praticamente desapareceram (como os telegramas e as cartas de amor).

Os mais jovens referiram como cresceram rodeados de tecnologia audiovisual e revelaram que nem todos fazem uso das tecnologias digitais com a mesma intensidade e interesse.

Alguns dos mais velhos surpreenderam os mais novos pelas suas competências digitais e espírito de iniciativa, agindo como facilitadores no uso do correio eletrónico ou do Skype. Mais novos e mais velhos referiram memórias remotas com os media (como a televisão acabada de chegar a casa, nos mais velhos), marcadas pela ingenuidade para os dois grupos, e destacaram o telemóvel como o meio de comunicação (e de informação) que teriam mais dificuldade em prescindir. No final, cada grupo retratou o outro. Aqui ficam o poema de Augusto Gil, “O Edital”, recitado de memória por Susete Bugalho, 82 anos, e disponível no blogue ( http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=145048), de outro dos participantes séniors, José Mota (72 anos), e o texto dos jovens sobre os mais velhos, “eles são aqueles que…”

04/05/2012 | Medialab - Diário de Noticias

Centro Educativo
Bem-vindo ao Media Lab
É preciso experimentar, experimentar...
World Young Reader Prize
Destaque - Ministro da Educação no Media Lab
Protocolo MediaLab e CIMJ
Um dia com os Media
Facebook Facebook Twitter Enviar Email