Nota 20 - Jornalismo de Investigação
Kikio & Nana - ID: 821
0
Nações do Tejo
O nosso rio Tejo
O Rio Tejo é um rio muito bonito. As pessoas passam momentos românticos à beira dele. Nasce em Espanha e desagua em Lisboa (Portugal).
Há duas pontes que atravessam o rio: a 25 de Abril e a Vasco da Gama.
No Parque das Nações avista-se a Ponte Vasco da Gama que foi extremamente importante para a ciculação das pessoas durante a Expo 98. Também contribui para uma paisagem muito bonita nesta zona.
Gaivotas
As gaivotas são aves marinhas que comem peixe. São cinzentas ou brancas e avistam-se muitas à beira do Tejo.
Peixes do Tejo
Os peixes que vimos perto do Oceanário são engraçados pois têm a forma de tubarões bebés. Algumas das espécies são o achigã, o barbo, a carpa e a boga.
Nações do Tejo
0
Sereia a nadar
E se houvessem sereias no Rio Tejo?

Sonhar não custa
As sereias são mulheres que sofreram uma cola de pernas e ficaram com uma cauda. Eu adorava de ser uma! E tu? Também gostavas de ser uma sereia?
A sua cauda é constituída por escamas coloridas e uma monobarbatana longa e bonita.
Se fossemos sereias lisboetas, poderíamos nadar nas águas do rio Tejo e seríamos mais uma atracção desta bonita zona da cidade.
As pessoas no Parque das Nações
Demos um passeio pelo Parque das Nações. As pessoas normalmente vão lá para descontrair, fazer exercício físico ou para admirar a paisagem. Lá também há muitos turistas porque é um dos sítios mais bonitos de Lisboa. Depois da Expo 98 esta zona tornou-se muito agradável.
Pessoas a correr à beira Tejo
Turistas em Lisboa
No Parque das Nações avistámos muitos turistas. A maioria era dos países mais frios que vieram em busca das temperaturas agradáveis de Lisboa.
Ser jornalista
Para sermos bons jornalistas temos de ter atenção ao que está ao nosso redor e de escrever textos interessantes! Para mim foi uma aventura e uma boa experiência ser jornalista.
Ser fotojornalista
É preciso ser bom para tirar fotografias, (e quem ainda não é bom vai praticando, até ficar um “pró”). É preciso paciência para apanhar os melhores momentos e os mais preciosos instantes. Porque quando se quer, consegue-se!