Escola Ciência Viva
Alunos das EB Eurico Gonçalves e Arco- Íris - ID: 456
1
Viva a Ciência
Encontro com o cientista polar Gonçalo Vieira
Uma conversa aniomada sobre a vida e a ciência nos Polos.

Ondas cerebrais em pauta musical
Cientistas chineses
"compuseram" uma pauta musical a partir da observação da atividade do cérebro.
Ficaram assim a conhecer novas maneiras de ajudar a tratar pessoas com stress e ansiedade.
Começou a Semana da Ciência&Tecnologia no Pavilhão do Conhecimento em Lisboa.
Os alunos do 4ºC da Escola Arco-íris e do 4º B da escola Eurico Gonçalves marcaram presença.


A abertura da senama foi marcada por uma seesão de homenagem à lâmpada, e foi aceso um enorme painel de luzes.

Morreu a lâmpada. Viva a lâmpada.
Viva a Ciência
1
Exposição T-REX. Quando as Galinhas tinham dentes
O T-Rex está na Cidade

Os alunos da Escola Ciência Viva visitaram a exposição T-REX quando as galinhas tinham dentes - no pavilhão do Conhecimento - Ciencia Viva.

Na visita à exposição foram utilizados guiões que orientaram o trabalho de grupo. Foram tiradas fotografias e feitos filmes com os Ipads.

A visita permitiu conhecer melhor as caraterísticas de alguns dinossauros que habitaram o nosso planeta.
Pavilhão do Conhecimento - Exposição T Rex

Os alunos viajaram no tempo, recuaram milh~oes de anos atrás e estudaram os períodos do Triássico, Jurássico e Cretácico.

Mas afinal as galihas são descendentes de dinossauros?

Venham descobrir...
"Metricossauros" - Dinossauros feitos com figuras geométricas.
Um dinossauro geométrico
Os alunos da Escola Eurico Gonçalves participaram numa atividade de construção de dinossauros a partir de várias formas geométricas.

Construiram verdadeiros
«Metricossauros»
5...4...3...2...1
Os pequenos cientistas da Escola Ciência Viva construiram um foguetão de água com uma garrafa de plástico e aletas de cartolina.
No lançamento atingiram alturas surpreendentes!
Clonagem de aninais em vias de extinção
O Brasil vai realizar a primeira experiência de clonagem de algumas espécies animais em vias de extinção, para proteger as espécies ameaçadas.

Sabe como era o cérebro de Einstein?
Estudos revelam que o cérebro do famoso físico Albert Einstein era do mesmo tamanho e peso que qualquer homem. No entanto, a parte frontal era excepcionalmente desenvolvida.