Escola Ciência Viva
Escola Básica - ID: 500
1
Viva a Ciência
Com a mão na massa! Pizzas e plantas, será que combinam?
Aventuras na Cozinha do Pavilhão
Os alunos do 3.º ano da Escola Mestre Querubim Lapa cozinharam deliciosas pizzas na Cozinha do Pavilhão do Conhecimento e perceberam que tudo tem a sua ciência.

Marés Negras ameaçam vida nos mares de todo o Mundo.
É urgente alertar e intervir!
As marés negras definem-se por uma enorme mancha de crude que cobre determinada área aquática. As suas consequências vão desde a contaminação das águas e do solo até aos impactos na biodiversidade. É urgente prevenir esta situação alertando a indústria ligada ao transporte de petróleo, legislando a favor de medidas de segurança dos navios e preparando brigadas para a limpeza do mar.
Descoberta fantástica: Alunos do 3.º ano da Mestre Querubim Lapa criam flores de várias cores na Escola da Ciência Viva
Os alunos da Escola de Ciência Viva do Pavilhão do Conhecimento fizeram com que flores brancas mudassem de cor. Colocaram água num gobelé e com um conta-gotas juntaram 10 gotas de corante alimentar, de cores à sua escolha. Deitaram a mistura em tubos de ensaio e mergulharam o caule da flor branca.
Também cortaram, com ajuda de um adulto, alguns caules ao meio e colocaram uma metade num tubo de ensaio com uma cor e a outra metade noutro tubo de ensaio com outra cor.
Na manhã seguinte puderam observar que as flores brancas tinham começado a mudar de cor. Foi uma experiência colorida!
Viva a Ciência
1
Até os cachalotes respeitam a diferença…
Grupo de cachalotes acolhe golfinho deformado
Um fenómeno raro ocorreu ao largo do arquipélago dos Açores.
Um grupo de cachalotes dos Açores acolheu um golfinho diferente
Um grupo de cachalotes que hospedava um golfinho deformado foi avistado em 2011 por dois investigadores.
O feito é tanto mais surpreendente quanto o facto de o cachalote não ser uma espécie conhecida por criar laços afetivos com outras espécies.
O investigador João Pereira ajudou os alunos numa experiência com morangos
A visita de João Pereira
O investigador João Pereira, do Instituto de Medicina Molecular, esteve na Escola Ciência Viva.
Ficámos a conhecer como é a sua vida de cientista e o que faz no dia-a-dia.
Descobrimos ainda que os morangos têm ADN como nós! Para isso esmagámos morangos, juntámos sal, detergente e álcool.
O primeiro grande derrame da História
Foi em 1967, perto da Cornualha, originado pelo naufrágio do petroleiro Torrey Canyon, que perdeu 60 mil toneladas de crude que se espalharam ao longo de cem milhas. Desde então vários aconteceram, afetando a vida selvagem.
Porque é que o céu é azul?
O céu da Terra é azul porque as moléculas de azoto e de oxigénio, que formam a maior parte da atmosfera, filtram a componente azul da luz solar. Em Marte o céu é cor-de-rosa, em Urano é verde e em Plutão é negro mas estrelado.
Português desenvolve cérebro em 3D
Um modelo virtual do cérebro está a ser criado com ajuda de um investigador português. Bruno Magalhães é informático e lida diariamente com um supercomputador que permite visualizar o cérebro em 3D e verificar as transmissões entre neurónios.