Escola Ciência Viva
EB Prof. Aida Vieira e EB Actor Vale - ID: 662
2
Viva a Ciência
Uma Semana com a Ciência
Somos os alunos do 3.º ano das escolas EB1 Actor Vale, com 20 alunos, e EB1 Professora Aida Vieira, com 21 alunos. Este foi o nosso o segundo ano na ECV.

ACT na Escola Ciência Viva
A Autoridade para as Condições do Trabalho esteve na ECV para uma ação de sensibilização sobre o tema Campanha Crescer em Segurança-Educação para a Prevenção: Regresso às Aulas. O objetivo é promover uma cultura de prevenção na escola e na sociedade, alertando para os perigos/riscos a que estamos sujeitos diariamente e para as melhores formas de os evitar.
Encontro com o Cientista
O cientista Pedro Abreu trabalha no Laboratório de Instrumentação de Física de Partículas e começou por nos mostrar a tabela dos elementos que são conhecidos. São 118 e é com estes elementos que é constituída toda a matéria que existe na terra. Os elementos são pequenas partículas que não são visíveis a olho nu. Para as podermos ver temos que usar o microscópio e para ver partículas ainda mais pequenas usamos um acelerador de partículas.
Falámos sobre estrelas e planetas e de algumas curiosidades como o sol, que é a estrela mais próxima da terra, mas no universo há estrelas maiores do que o sol.

Viva a Ciência
2
Em vez de açúcar…
Um adoçante natural
Começámos por observar alguns refrigerantes e verificámos que as bebidas continham uma grande quantidade de açúcar, prejudicial à saúde e o principal responsável pela diabetes e pela obesidade infantil. Fomos investigar uma alternativa ao açúcar e descobrimos uma planta chamada Stévia, que o pode substituir. A Stévia é 20 vezes mais doce do que a cana-de-açúcar. Quando está em flor as suas folhas atingem a máxima doçura. Podemos usar as folhas secas ou verdes.
A Stévia é um pequeno arbusto originário do Paraguai e Brasil
A Stévia é um pequeno arbusto com cerca de 90 cm, originário do Paraguai e do Brasil. A sua aplicação não causa diabetes.
É uma planta que não contém calorias, não é tóxica, inibe a formação da placa e da cárie dental e pode ser usada na culinária.

O ministro da educação de Angola deu-nos uma ajuda na oficina Dóing
Encontro com o ministro
O ministro da educação de Angola, Pinda Simão, visitou o Pavilhão do Conhecimento e a Escola Ciência Viva. Tivemos oportunidade de conhecer o Sr. ministro enquanto estávamos na oficina Dóing e pudemos contar com a sua preciosa ajuda para construir uma máquina de berlindes. Foi uma experiência única!
Plantas para descobrir e saborear...
Estudámos as plantas e descobrimos que podemos comer todas as partes que a constituem. Na cozinha construimos pizas utilizando cada uma das partes das plantas. As pizas estavam deliciosas e feitas apenas com legumes saudáveis.
Plantas com pinta!
No Laboratório do Pavilhão do Conhecimento descobrimos que juntando pigmentos com aglutinantes obtemos tinta. Para os pigmentos utilizámos a beterraba, o espinafre, a argila e o giz. Os aglutinantes foram a água, o álcool e o óleo.
Aqui há mecânica!
Na sala construímos roldanas, alavancas e engrenagens. Aprendemos que as roldanas são máquinas simples que facilitam o trabalho do homem. No dia-a-dia utilizamos máquinas simples com engrenagens, tais como as mudanças da bicicleta.