EB1 Arco-Íris e EB1 Teixeira de Pascoais
Escola Ciência Viva - ID: 918
59
Viva a Ciência
Cientistas por cinco dias
Os alunos do 3º ano das escolas EB1 Arco-Íris e EB1 Teixeira de Pascoais foram cientistas por uma semana, desfrutaram de uma semana plena de alegria e de muitas aprendizagens.

Ciência com Arte… ou será Arte com Ciência?
A partir de espinafres, beterraba, carvão, argila e giz, fizemos os nossos próprios pigmentos. Entretanto, descobrimos que o Homem já o fazia há milhares de anos. Depois, foi só meter mãos à obra e, no fim, saíram lindas obras… de ARTE!
Encontro com as Cientistas do MARE
Antes de virmos para a Escola Ciência Viva, pensávamos que um cientista era alguém que usava uma bata branca e trabalhava num laboratório, rodeado de microscópios e de soluções químicas, daquelas que deitam fumo. Mas não! Depois de conhecermos duas biólogas marinhas, ficámos a saber que um cientista também passa muito tempo a observar, a investigar, a recolher informações… E para isso, precisa de ir para o exterior, neste caso, para o mar. Estas cientistas também fazem mergulho, vão à pesca, abrem peixes para estudar o seu interior e registam tudo.Deram-nos a conhecer coisas muito interessantes!
Viva a Ciência
59
Como são os peixes por dentro?
Será que têm pulmões?
Depois das biólogas marinhas, juntamente com as professoras da Escola Ciência Viva, nos levarem, não a dar um mergulho, mas ao mercado de Alvalade, passámos a conhecer uma enorme variedade de peixes, moluscos e crustáceos. Lá trouxemos para a “nossa escolinha” carapaus e robalos bem fresquinhos, onde tivemos a oportunidade de os dissecar. Tivemos que os abrir e identificar os vários órgãos. Ainda houve quem pensasse que tinha encontrado os pulmões do peixe, mas rapidamente concluiu que os peixes não têm pulmões mas sim guelras para respirar.
Dissecação dos peixes e observação de otólitos
Depois de retirarmos os órgãos com ajuda de uma pinça, fomos ver ao microscópio como eram as células destes órgãos.
Adorámos! Sentimo-nos uns verdadeiros cientistas.
Aprendemos que o planeta Terra se comporta como um íman gigante
Atrai ou Não Atrai
Aprendemos que o magnetismo é uma propriedade que se revela pela força atrativa dos magnetes (ímanes). Vimos quais os materiais que são atraídos e os que não são. Sabiam que nem todos os metais são magnéticos? Pois é! Só os que são constituídos por ferro, níquel e cobalto. Ficámos também a saber que o magnetismo surgiu na antiga Grécia, numa cidade chamada Magnésia, com a descoberta de uma rocha que continha um mineral (magnetite).
Na Dóing
Estivemos na Dóing, uma zona onde há várias oficinas para podermos construir coisas: um circuito para berlindes, um tubo de vento, um robô que pinta sozinho, aviões de papel e circuitos elétricos que põem a funcionar ventoinhas. Foi uma loucura!
Pedalar e voar só para muito corajosos!
Até durante os intervalos nos divertimos e aprendemos! Das várias atividades que realizámos, a bicicleta voadora foi, sem dúvida, uma das que mais gostámos. Pedalar a uma altura de 6 metros, em cima de um cabo de aço, requeria muita coragem!
Aqui há mecânica!
Aprendemos o que são máquinas simples e qual a sua função. Descobrimos que já na casa inacabada tínhamos usado estes mecanismos. Divididos em grupos, cada um fez uma máquina simples com legos e no final apresentámos à turma. Foi muito giro!