EB1 Luz/Carnide e EB1 do Bairro do Restelo
Escola Ciência Viva - ID: 919
60
Viva a Ciência
Uma Semana Inesquecível!
Com curiosidade e entusiasmo, o 3º ano da EB1 Luz/Carnide e da EB1 do Bairro do Restelo passaram uma semana inesquecível no Pavilhão no Conhecimento.

Fazer queijo fresco na “Cozinha é um laboratório”
Para fazermos o queijo fresco usámos: leite gordo pasteurizado, coalho líquido, vinagre e água. Seguimos a receita, colocámos as quantidades certas dos ingredientes e aquecemos o leite até aos 40 graus. Esperámos 8 minutos até se formar a coalhada, esprememos e formámos os queijinhos. Temperámos com mel, orégãos, pimenta, sal e açúcar e comemos com tostas. Afinal foi fácil!
Encontro com o Cientista Nuno Ferrand
Biologia à vista! Sempre que pensamos num cientista o que surge no nosso pensamento é um velho de óculos fundo de garrafa, bata branca e cabelos em pé! Mas será que esses ainda existem?! Este ano, na escolinha, tivemos a oportunidade de conhecer o biólogo Nuno Ferrand. Para além de se interessar pelo estudo da evolução da genética dos animais, é professor catedrático e tem cerca de cem artigos publicados. Explicou-nos curiosidades sobre muitos dos animais que conhecemos, partilhando dúvidas sobre dinossauros e preocupações com alguns animais que o Homem, infelizmente, tem vindo a deixar extinguir.
Viva a Ciência
60
Mistério na escolinha
Socorro, roubaram um quadro!!!
Assim que chegámos ao Pavilhão, reparámos nas caras de caso dos elementos da escola. Estavam tristes pois uma pintura querida por todos tinha desaparecido e recaía sobre os quatro elementos da escolinha, a desconfiança. A inspetora responsável pelo caso, já tinha sido chamada, dada a urgência na resolução do caso, pediram ajuda aos alunos para analisar as provas e descobrir o mistério. Analisamos impressões digitais num copo, uma fibra supostamente de uma camisola, a tinta da caneta utilizada para deixar o recado, a terra encontrada no local e uma pegada.
Recolha de impressões digitais
Analisadas as provas, o culpado foi identificado.Afinal tinha sido por uma boa causa…
Como todos gostavam muito do quadro, o suspeito decidiu surpreender os colegas e emoldurou-o.
Gostámos muito de aprender coisas sobre as formigas!
Como são as formigas?
Na ECV estivemos a observar formigas na lupa binocular e também a fazer experiências com um formigueiro. As formigas não eram como pensávamos! Aprendemos que elas são compostas por três partes: cabeça, tórax e abdómen. Têm três pares de patas, umas antenas que servem para comunicar e cheirar. Descobrimos que existem três tipos de formigas: a rainha, as soldadas e as operárias. A um conjunto de formigas podemos chamar colónia.
Adorámos o “Vê, Faz, Aprende!”
A nossa visita à exposição “Vê, Faz, Aprende!” foi muito divertida. Deitámo-nos na “Cama de Faquir” e ainda pensámos que os pregos não eram verdadeiros, mas eram. Ninguém se magoou, porque eram muitos pregos espalhados pela cama.
Loucamente
A exposição retrata doenças que a nossa mente pode ter. Apesar de pequenos já reconhecemos grande parte das doenças apresentadas, como a depressão. Algumas fobias que ali estão também nós as sentimos mas aprendemos que o melhor é enfrentá-las!
Muita magia ou puro magnetismo?!
Utilizámos diversos materiais e selecionámos os que são atraídos ou repelidos por ímanes. O magnetismo é uma força à distância e percebemos como a polaridade dos ímanes provoca repulsão ou atração. Depois simulámos um Maglev! Que espetáculo!!