EB1 do Condado e EB1 Jorge Barradas
Escola Ciência Viva - ID: 953
66
Viva a Ciência
Cientistas Judocas na Escola Ciência Viva
Alunos do 3.º ano da EB1 do Condado e da EB1 Jorge Barradas com Miguel Galhardas, exibindo o diploma comemorativo do Dia Mundial do Judo que este ano tem como tema UNITY.

Pequenos cientistas descrevem a ciência
A ciência é um sítio onde se estudam materiais, como por exemplo: química, o ambiente, o corpo humano… É um tema com muita sabedoria!(3ºA)
A ciência, para mim, é fazer experiências, fazer coisas fixes, usar uma bata... Eu acho que usam tintas e misturam as cores e fazem uma explosão e usam o pó branco e bicarbonato de soja.(3ºB)
Encontro com o investigador Rui Agostinho
Esta semana tivemos a oportunidade de participar numa “aula” na Faculdade de Ciências com o astrofísico Rui Agostinho. Respondeu às nossas perguntas sobre o Espaço e Astronomia. Depois de ficarmos a saber o que são buracos negros e como é que a informação chega do Espaço à Terra, fomos visitar os laboratórios de Física. Com os investigadores percebemos como funciona um espectrómetro, um osciloscópio, como se dá a conservação do momento angular e fazer diversas experiências com lentes e também com o vácuo. Fica uma curiosidade…Se esta notícia viesse do Sol só chegaria à Terra 8 min e 20 s depois.
Viva a Ciência
66
De 26 a 30 de outubro nós, alunos do 3.º ano da EB1 do Condado, tivemos a oportunidade de experimentar uma semana diferente
Uma semana cheia de atividades, com muitas experiências e momentos de grandes descobertas…
Na Escola ciência Viva toda a equipa fez com que nos sentíssemos bem, cuidaram de nós e mimaram–nos com muita fruta, uma grande dose de paciência e quilos de carinho.
A nossa nova sala de aula tinha muitas coisas, com tudo muito limpinho, muitos materiais, um quadro interativo, quando necessário computadores para fazer as nossas pesquisas. Na sala realizámos também muitas experiências e esclarecemos as nossas dúvidas sobre as plantas e os solos, explorámos a permeabilidade, verificámos e medimos a quantidade de água que fica retida no solo.
A explorar os módulos: sinos e película de sabão
Na exposição Explora vimos as bolinhas de sabão gigantes,as estrelas que se formavam na areia quando passávamos com os arcos de lado e aquilo assobiava.
…e havia uma coisa que parecia o infinito, sempre a girar, onde estávamos com muita vontade de entrar (tal como a Alice no País das Maravilhas).
Alunos da EB1 Jorge Barradas a explorar alguns módulos
Explora: exposição fantástica!
Na última semana de outubro de 2015, os alunos de uma turma do terceiro ano, da escola Jorge Barradas, da freguesia de Benfica, em Lisboa frequentaram a Escola Ciência Viva, no Pavilhão do Conhecimento. Uma das exposições mais educativa e experimental foi “Explora” porque ao pé de cada experiência há uma explicação que indica como fazer.
A turma ainda tem que trabalhar muito...
Fomos construtores de verdade, usámos capacetes, guindastes, carrinhos de mão e materiais de construção. Percebemos que o trabalho em equipa é importante para se conseguir chegar ao objetivo pretendido, que neste caso era terminar a casa…
Afinal o que é a ciência?
A ciência é estudar. Também é diversão, explorar, ver, tocar, experimentar, investigar, transformar as coisas que estão à nossa volta. É experimentar todas as coisas. (3ºA)
Lançamento de foguetões em Portugal!
Numa rua, perto do Pavilhão do Conhecimento, foram lançados foguetões, após o almoço. Os combustíveis utilizados foram água e ar.
Um dos foguetes lançados ficou com danos laterais e os seus construtores voltaram a montá-lo.