EB1 Mestre Querubim Lapa e EB1 S. João de Deus
Escola Ciência Viva - ID: 957
67
Viva a Ciência
Viva é o nome da nossa amiga robô, já a conhecem?
Olá, eu sou a Viva! Foi assim que a nossa amiga robô se apresentou aos alunos do 3.º ano da EB1 Mestre Querubim Lapa e EB1 S. João de Deus.

Pequenos cientistas descrevem a Ciência
A ciência é muito fixe. Podemos aprender muito e eu gosto muito de aprender os conhecimentos. Podemos restaurar os seres do passado e construir uma máquina do tempo. Podemos viajar no tempo. (3ºA)
Eu conheço vários tipos de ciência como: microbiologia, astronomia, biologia, geologia. Eu acho que a ciência é estudar coisas no microscópio como micróbios e células. (3ºB)
Encontro com os investigadores Álvaro Pinto e Fátima Abrantes
Esta semana conhecemos dois geólogos: o Álvaro Pinto e a Fátima Abrantes.
Com o investigador Álvaro Pinto descobrimos o que é ser geólogo e que na geologia tanto se pode estudar outros planetas como investigar o fundo do mar ou o interior de uma mina.
Observámos algumas rochas e minerais e identificando algumas das suas características. No final, com a ajuda de um martelo, partimos um mineral chamado calcite.
No laboratório, com a investigadora Fátima Abrantes, analisámos ao microscópio os organismos que se encontram presentes numa amostra de sedimento recolhido no fundo do mar.
Viva a Ciência
67
Na ECV participámos numa conferência
No dia 3 de novembro a turma do 3.ºD da EB1 S. João de Deus participou no IODP Portugal Day.
Entrámos no auditório Mariano Gago e estavam muitas pessoas a ouvir uma cientista falar. A conferência era em inglês e falavam sobre o MAR. Entretanto fizeram uma ligação via Skype para o barco que anda no mar a investigar. O barco tinha o nome JOIDES Resolution. Um colega nosso colocou a seguinte questão: “Quantos quilos de sedimentos já recolheram?“ E, sem sabermos porquê todos se riram. Depois explicaram-nos que os sedimentos se medem em quilómetros e não em quilos. Ficamos a saber que 1 km corresponde a 40 kg de sedimento e que já tinham recolhido 9 km.
À conversa com o investigador que estava a bordo do JOIDES Resolution
Na escola fizemos um problema com estes dados e ficamos a saber que já tinham recolhido 360 kg de sedimento.
Gostámos de participar na conferência porque era muito importante para os cientistas. Foi uma oportunidade única!
Alunos da EB1 Mestre Querubim Lapa a observar o segmento de sedimentos
Com a cabeça no fundo do mar
No laboratório observámos um segmento de sedimentos retirado do fundo do oceano. Preparámos esfregaços em lâminas para serem observados no microscópio. Observámos as diatomáceas que são micro fósseis.
Peneirámos sedimentos e observámos na lupa binocular foraminíferos fósseis.
Estes dois grupos de organismos vivem nas águas do oceano.
Engenheiros constroem Pontes Seguras
Sabendo para que servem as pontes e depois de termos visto muitas e diferentes, tentámos construir pontes seguras. Projeto, materiais e mãos à obra! Depois de construídas, as pontes passaram o 1.º teste mas, só duas resistiram a todos os testes.
Afinal o que é a ciência?
A ciência é um conjunto de estudos onde se faz experiências, pesquisas, buscas. Pode-se encontrar em todo o lado. A ciência estuda desde a célula mais pequena até ao espaço sideral, desde as plantas mais raras até os dinossauros e muito mais.
Viral - Uma experiência Contagiante
Na exposição Viral existiam os seguintes módulos: máquina dos vírus /peluches; máquina do vazio; máquina contagiante e balança de vírus (pesava quantos fungos, micro-organismos e bactérias que tínhamos. Uma exposição mesmo de contagiar!