Notícias
15 Março 2017

Alunos de Gavião conversam sobre Dinheiro no Media Lab DN

Para assinalar a European Money Week, o Media Lab recebeu no dia 27 março, a visita de cerca de 50 alunos do Agrupamento de Escolas de Gavião, de Portalegre, que conversaram, durante a formação, com a jornalista de finanças pessoais do Dinheiro Vivo, Joana Rebelo Morais. 

Joana Rebelo Morais teve uma breve conversa com os alunos, onde referiu a importância de uma gestão consciente do dinheiro e das finanças. Ao longo da discussão, a jornalista respondeu às diversas questões que lhe foram colocadas e deu também algumas dicas de poupança que qualquer um pode usar no seu dia a dia. Para os estudantes, Joana referiu que a mesada que alguns recebem pode ajudá-los a gerir o dinheiro e a organizarem o que querem fazer, durante cada mês, segundo o dinheiro que têm disponível. Para além desta, referiu ainda que também as listas de compras nos ajudam a desenvolver hábitos de poupança e alertou para o facto de as promoções, nem sempre, significarem "poupança". 


Alguns jovens repórteres fizeram uma primeira página impressa do Media Lab DN, onde deram enfoque à semana que se assinala e à formação financeira à qual assistiram. Outros tiveram a oportunidade de entrevistar Rosália Amorim, diretora do Dinheiro Vivo, e a jornalista que, anteriormente, lhes tinha fornecido as dicas de poupança. Os alunos ainda realizaram um noticiário em rádio, tendo como fonte de informação o site do Dinheiro Vivo.

Os jovens jornalistas visitaram as redações do Diário de Notícias e do Dinheiro Vivo, onde puderam ver os verdadeiros jornalistas a trabalhar, nas diferentes editorias.

A European Money Week - 27 a 31 de março 2017 é uma iniciativa da Federação Bancária Europeia que junta as associações bancárias de mais de 30 países e, em Portugal, a responsável é a Associação Portuguesa de Bancos (APB), juntamente com o Instituto de Formação Bancária (IFB).

 


1 Março 2017

Manchete - Queixas por racismo

Segundo números provisórios fornecidos pelo gabinete do ministro adjunto ao Diário de Notícias, no ano passado foram registadas 119 queixas por discriminação racial. Este foi o número mais elevado desde 2000. Já há uma proposta no governo que prevê que as coimas destes atos sejam agravadas até cerca de 8400 euros. Como se verifica no relatório de atividades do Alto-Comissariado para as Migrações (ACM), os dados apontam para um crescimento acentuado de queixas.


Ir para o mês
Fevereiro (2 Notícias)
Junho
Julho
Agosto
Setembro (1 Notícias)
Novembro (1 Notícias)
Dezembro
 
Facebook Facebook Twitter Instagram Enviar Email